Influência portuguesa: a gastronomia carioca é intensamente influenciada pelos lusitanos

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

  Os restaurantes mais tradicionais e antigos do Rio de Janeiro são de origem portuguesa como o Nova Capela, a Adega Flor de Coimbra, Rio Moinho e o Penafiel, sendo os bolinhos de bacalhau, item imprescindível nos cardápios cariocas. Com o crescimento do gosto do brasileiro por botecos e a chegada de novas gerações de chefs ao País, a gastronomia do Rio de Janeiro garante criatividade e inovação, com releitura de pratos clássicos e criações jovens sobres pratos e ingredientes típicos.   O paladar do carioca, hoje em dia, adora um desafio. Receitas ousadas utilizando caças, cordeiros, bochechas de javali e arroz de pato, este último, um dos pratos mais tradicionais da culinária portuguesa, atraem um público fiel nos vários restaurantes espalhados pela cidade. “No começo, houve certa resistência. Os pratos mais pedidos eram os mais brasileiros, o picadinho, a carne-seca… Aos poucos, os clientes começaram a pedir receitas mais ousadas. Hoje, sirvo bochechas de javali, um dos maiores sucessos atuais, e as pessoas comem, mas antes era impensável. Também foi preciso fazer algumas adaptações. O arroz de pato, por exemplo, na tradição portuguesa, é mais seco, mas os brasileiros queriam mais úmido, e assim fizemos. Restaurante é casa de família, tem que ser confortável. Hoje o arroz de pato é uma referência do Antiquarius, um dos mais pedidos” conta Carlos Perico, proprietário do restaurante Antiquarius.   Os portugueses que vieram para o Brasil no século passado e que tanto influenciaram a gastronomia carioca trouxeram, além da tradição de se trabalhar em bares, padarias e restaurantes, diversas receitas de embutidos e carnes curadas. Um dos maiores representantes da cozinha lusitana de raiz, as alheiras, podem ser encontradas em vários endereços, dos mais típicos, como o Adegão Português, em São Cristóvão, centro da comunidade portuguesa no Rio, e a Marisqueira, em Copacabana, até lugares como o Astor, que serve uma deliciosa porção com alheiras, batatas fritas e dois ovos estrelados por cima.   A sobremesa carioca também sofre forte influência portuguesa como ovos moles, encharcada, pastel de nata, toucinho do céu, rocambole de ovos moles além criações diferentes como os ovos moles com sorvete de canela e nozes servido em uma taça de Martini.

Parceiros

Nenhum comentario.

Deixe um Comentario